Colabore com o blogue

A partilha de informações e novidades são uma óptima forma de conhecermos melhor o local onde vivemos. Se tiver interesse em colaborar com o blogue, por favor envie as suas mensagens para o nosso contacto.
Para conseguirmos ter o que comprámos, é dever de todos os vizinhos zelar pelo cumprimento do plano de urbanização do Casal de Vila Chã e a correcção de erros já detectados.

Acompanhe os comentários a Promessas por cumprir.

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Linha do metro com tróleis entre a Reboleira e Brandoa

A população da zona Norte do concelho da Amadora vai poder contar com um novo meio de transporte público mais ecológico e menos ruidoso do que os mais comuns. O metro ligeiro de superfície, que irá ligar a Reboleira à Brandoa, será assegurado por tróleis, um sistema de transporte feito de carros eléctricos que apenas existe em Coimbra e já existiu no Porto."É cinco vezes mais económico porque as composições não circulam sobre carris", diz o vereador dos Transportes da Câmara Municipal da Amadora (CMA), Gabriel Oliveira.

A linha de trólei irá ligar a estação da CP da Reboleira, o Metro da Falagueira e o Casal da Mira, na Brandoa, onde está a ser construído o maior centro comercial da Península Ibérica. O percurso será feito pelo centro da Falagueira, onde está a ser construída uma rotunda contestada pela população. Numa fase posterior, será feita a ligação a Odivelas e Loures.

Há muito que os moradores do Casal da Mira se queixam da falta de transportes. O único autocarro que faz a ligação do bairro ao Colégio Militar, em Lisboa, é demorado e muitas vezes não cumpre horários por causa do trânsito "Estamos isolados aqui no bairro, onde quer que vá tenho que apanhar dois transportes que ainda por cima são caros, demorados e pouco regulares", queixa-se Amável Neves, moradora no casal da Mira. "O novo transporte será muito benéfico para a zona Norte. Espero é que seja acessível a todas as pessoas", diz Maria Cipriano de Almeida, moradora na urbanização do Moinho do Guizo.

O vereador Gabriel Oliveira destaca as vantagens do trólei "É mais ecológico, mais confortável, menos ruidoso, mais barato do que o eléctrico tradicional, consegue subir inclinações acima dos 8%, pode contornar obstáculos e em alternativa pode circular a biodiesel".

A obra, que não ultrapassará os 20 milhões de euros, será co-financiada pela Chamartin Imobiliária, empresa que está a construir o Centro Comercial Dolce Vita Tejo e pelo Estado. "Iremos candidatar-nos a fundos comunitários ou a quadros de apoio financeiro. Há interesse do Governo para a realização deste projecto", garante Gabriel Oliveira.

Fonte: Jornal de Notícias, 31-12-2007

5 comentários:

Vanda disse...

A rotunda da falagueira está a ser contestada pelos moradores porque não faz qualquer sentido. Apareceu de um momento para o outro sem qualquer explicação.

Uma das estradas mais antigas da Amadora (Estrada da Falagueira) também ja tem rotunda - está na moda!

E vão retirar o chafariz da porcalhota para o colocarem no meio da rotunda..

Vamos ver quantas vezes ela vai ser destruida e voltada a contruir..

Pelo que me informaram a rotunda foi contruida para facilitar a entrada e saída de viaturas da Empresa Cafoluz (situada da Praceta Cerrado da Vinha). Ora se a empresa resolver mudar de instalações as obras foram feitas em vão..

Desculpem o desabafo, mas como moradora da Falagueira axo isto tudo ridiculo (Até que me mostrem o contrário..claro!)

Anónimo disse...

Se é moradora na Falagueira prq é q opina de Vila Chã? será q vai ser uma nova moradora deste bairro? espero bem q sim prq me parece uma cidada activa e é o que nós precisamos em Vila Cha
Obrigada. E ja agora concordo em pleno com o seu descontentamento sobre esta dita rotunda

Anónimo disse...

É confrangedor verificar, em pleno Século XXI, a mentalidade Portuguesa no que respeita a mudanças, sejam elas de que índole forem… parece que está tudo bem. Mudar o que quer que seja é que não!!!!

a construção de uma rotunda na Estrada da Falagueira, que se espera melhorar as acessibilidades dos moradores (por sinal os mesmos que empurrados vão reclamando), vai servir um novo pólo escolar, composto por um jardim-de-infância, uma creche e um centro de actividades de tempos livres, vão ser criados mais 150 novos lugares de estacionamento,é construída para facilitar a futura passagem pelo local do metro ligeiro de superficie e, servirá ainda, para apoio a uma faixa reversível a ser instalada na Rua Elias Garcia. Qual é o problema desta obra???? Nenhum!!!

afinal onde foi colocado o chafariz da porcalhota????

Anónimo disse...

Resido há poucos meses na Urb.Vila Chã e estou a adorar. Morei no Bairro de Campo de Ourique em Lisboa e até pensei que me custaria a adaptar aqui; tal não aconteceu. Parabéns à Câmara da Amadora pelo que já fez e pelo que, esperamos, continue a fazer.

Anónimo disse...

Desculpem mas onde fica esta rotunda? junto á Capelinha da Falagueira???
Obrigada
Maria Silva