Colabore com o blogue

A partilha de informações e novidades são uma óptima forma de conhecermos melhor o local onde vivemos. Se tiver interesse em colaborar com o blogue, por favor envie as suas mensagens para o nosso contacto.
Para conseguirmos ter o que comprámos, é dever de todos os vizinhos zelar pelo cumprimento do plano de urbanização do Casal de Vila Chã e a correcção de erros já detectados.

Acompanhe os comentários a Promessas por cumprir.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Semáforos em Vila Chã: segurança versus trânsito e poluição (atmosférica e sonora) III

Exmo. Senhor Vereador Gabriel Oliveira,

Obrigado pela resposta, no entanto não estou satisfeito com a mesma.

O Sr.Vereador chama-lhes "bandas sonoras", pois eu prefiro as Lombas Redutoras de Velocidade (LVR). De facto, a colocação de lombas em zonas residenciais que não sejam as do tipo sinusoidais/trapezoidal/circular (3 tipos de LVR) irão prejudicar o descanso dos moradores porque a passagem pelas mesmas resultará num grande nível de ruído.

Quando define a Urbanização Casal de Vila Chã como residencial, julgo que está equivocado, visto que a mesma é servida para o atravessamento rápido da cidade nas "horas de ponta". Uma zona tipicamente residencial não é utilizada para evitar o imenso trânsito do centro da cidade da Amadora. Esta urbanização só voltará a ser uma zona residencial quando grande parte do trânsito de hoje passar para a avenida (das palmeiras/Rua 39) que está a norte e paralela à urbanização e que continua por terminar.

É do meu conhecimento que o Sr. Vereador pretende construir "bandas sonoras" na avenida principal da urbanização vizinha Serra das Brancas. Segundo o Sr. Vereador,

"Assim, cumpre-nos informar V. Ex.ª que se encontra prevista, a colocação de bandas sonoras no eixo principal da Avenida Dr. Luís Sá, que liga a Avenida Humberto Delgado à Urbanização do Casal das Brancas." (sic)

Ambas as urbanizações não são zonas residenciais? Qual é a diferença?

Sem outro assunto, os melhores cumprimentos,

Vítor Santos


PS: aconselho a visitar o site da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (http://www.ansr.pt/)


____
Nota: e-mail enviado por Vítor Santos, em 22-09-2009, para o Gabinete do Vereador Gabriel Oliveira, com o conhecimento do Gabinete da Presidência, Gabinete de Vereadores do PSD, Gabinete de Vereadores do PCP, Junta de Freguesia de São Brás, Junta de Freguesia da Mina, Concelhia do BE, Concelhia do CDS-PP e do nosso blogue


Mais informações em:
Semáforos em Vila Chã: segurança versus trânsito e poluição (atmosférica e sonora)
Semáforos em Vila Chã: segurança versus trânsito e poluição (atmosférica e sonora) II

2 comentários:

Eu disse...

Faz hoje 10 dias que enviei a minha exposição ao Sr. Vereador, mas até à data ainda não obtive resposta.

A nossa "zona residencial", continua a servir de pista durante a noite. Quem não foi "obrigado" a acordar no domingo de madrugada? É impossível dormir descansado com tipos a circularem aquela velocidade! Mas os sinais estão intermitentes ... E mesmo que tivessem a funcionar não controlam a velocidade nem evitam este tipo de situação ... Senso comum!

Pelo que tive oportunidade de verificar, num passeio que dei pelo concelho da Amadora, é que alguém está muito enganado quando pensa que as recentes soluções implementadas vão melhorar a circulação e escoamento do trânsito. Quem já teve o prazer de parar nos semáforos do cruzamento do Lido, à entrada de Queluz? Que lindo serviço!

AM disse...

Pelas últimas opções tomadas por este Sr. Vereador, começo a interrogar-me se ele não é dono de alguma empresa de semáforos ou se não foi colega de turma do Sócrates.
A colocação de semáforos pela Amadora inteira, só veio congestionar ainda mais o trânsito no centro e aqui na urbanização, e se dantes demorava 10 min de vila chã à IC19, agora demoro 20 min.
Devíamos era ir todos para a porta deste Sr. Vereador, todos de carro, uns a buzinar, outros a acelerar e outros a ouvir musica em altos "berros". Talvez o Sr. não ía gostar lá muito da ideia. E já agora, esta de andarem a colocar semáforos e ecopontos (á mais de 1 ano que se pedia) em cima das eleições autárquicas, só demonstra o carácter de uma pessoa/partido. Pena é não haver eleições todos os anos, talvez abrissem mais os olhos.
Cumprs