Colabore com o blogue

A partilha de informações e novidades são uma óptima forma de conhecermos melhor o local onde vivemos. Se tiver interesse em colaborar com o blogue, por favor envie as suas mensagens para o nosso contacto.
Para conseguirmos ter o que comprámos, é dever de todos os vizinhos zelar pelo cumprimento do plano de urbanização do Casal de Vila Chã e a correcção de erros já detectados.

Acompanhe os comentários a Promessas por cumprir.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Parque Kidzania dinamiza Dolce Vita Tejo

A Chamartin Imobiliária traz para Portugal o conceito dos parques temáticos Kidzania. Será instalado no Dolce Vita Tejo, que tem abertura agendada para o segundo trimestre de 2009 e representa um investimento de 15 milhões de euros.

Estes parques temáticos permitem às crianças, com idades entre os três e os 14 anos, explorar o mundo real, através do conceito de "brincar aos adultos", explica a empresa. Através de um ambiente "altamente realista", simula -se a vida dos adultos, numa cidade construída à escala dos mais novos, onde as crianças podem desempenhar mais de 60 profissões diferentes.

É possível fazer o check-in no aeroporto, efectuar uma cirurgia na sala de operações, conduzir um carro de bombeiros ou participar num julgamento como juiz, advogado ou testemunha, entre muitas outras actividades, lista cidade de dimensão infantil possui também uma moeda única: os kidzos. Permitindo as crianças gerir o seu próprio dinheiro. Desta forma alia-se o entretenimento ao conhecimento, proporcionando conteúdos "alinhados com os programas escolares", que ajudam os mais novos "a compreender o mundo que os rodeia".

As várias actividades, desenhadas por educadores e pedagogos, procuram suscitar nas crianças valores, tais como a independência, a liderança, a auto-estima. a criatividade, a cooperação e o espírito de equipa.

Segundo Jaime Lopes, CEO da Chamartin Imobiliária, o parque temático Kidzania Lisboa "apresenta-se como um projecto único e inovador" e "em sintonia com as novas tendências do entretenimento mundial". Realçando que Portugal será "o primeiro país da Europa a desenvolver este tipo de parque", o responsável da empresa sublinha ainda a associação da componente lúdica à vertente pedagógica e educativa que permite complementar "o papel das escolas, professores e pais junto das crianças" e contribuir "para a promoção do desenvolvimento harmonioso da criança".

_____
Fonte: Chamartín Imobiliária / Arquitecturas, 01-02-2008

Mais informações em KidZania Portugal

1 comentário:

Hugo Jorge disse...

parece ser muito interessante