Colabore com o blogue

A partilha de informações e novidades são uma óptima forma de conhecermos melhor o local onde vivemos. Se tiver interesse em colaborar com o blogue, por favor envie as suas mensagens para o nosso contacto.
Para conseguirmos ter o que comprámos, é dever de todos os vizinhos zelar pelo cumprimento do plano de urbanização do Casal de Vila Chã e a correcção de erros já detectados.

Acompanhe os comentários a Promessas por cumprir.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Dejectos caninos na rua

Bem, gostaria de levantar uma questão que me desagrada à algum tempo. O que se passa é o seguinte. Às vezes, quando vou a sair do prédio, fico impressionada como é possivel que haja cócó de cão, mesmo em frente à minha porta. Mas não só. Ás vezes faço um percurso relativamente grande, a pé, pois moro no lote 8, e é nojento como é possivel que as pessoas não têm a minima noção do disparate que é não pegarem num saco e levarem aquilo para o lixo. Sim, obviamente, montes de pessoas atiraram tudo e mais alguma coisa para o chão. É óbvio, é um facto, mas agora dos cães?

Sem mais outro assunto,

Cumprimentos


____
Nota: e-mail enviado por Ana Marques

14 comentários:

Hugo Jorge disse...

Sugiro uma campanha informativa e pedagógica junto das pessoas que possuem cães.

Vila Chã disse...

Alguém está interessado em iniciar a campanha sugerida pelo sr. Hugo Jorge?

Mónica&Carlos disse...

Boa Tarde!
Realmente é de lamentar a falta de civismo existente em alguns donos de cães. Não me refiro apenas ao deixarem os dejectos nos passeios, nos terrenos e nos espaços verdes mas também ao não preservarem cuidados os espaços comuns que seriam bem aproveitados pelas crianças.
Tenho 2 cães e sinto-me satisfeita comigo mesma porque ninguém me pode apontar o dedo e porque tento manter o mais limpo e arranjado possivel os espaços comuns onde passeio com os meus cães.
Se os nossos cães sujarem a nossa casa e/ou varandas/terraços não teremos de os limpar??? Então porque não limpar o espaço que não nos pertence?
Tenho verificado que já existem alguns moradores com bom senso que levam, tal como eu, sacos para apanhar os dejectos dos seus cães. Mas também já verifiquei a cara de nojo que outros detentores de animais fazem quando os vêem a defecar.
Seria importante a polícia começar a autuar os proprientários dos cães que não cumpram com as leis a que estão obrigados. Talvez a nossa urbanização ficasse mais limpa!!!

Mónica - Lote 29

Hugo Jorge disse...

Sugiro que façam um pequeno texto pedagógico e o coloquem neste blog, assim como tirar algumas cópias e distribuir pelo bairro (cafés e caixas de correio). Os mais empenhados podem mesmo distribuir directamente às pessoas que passeiam os cães na rua. A mensagem deve ser pela positiva, construtiva e apelando à colaboração para que o bairro tenha mais qualidade de vida. Sobretudo não deve ser atacante ou critica pela negativa.

Anónimo disse...

Sim realmente entregar folhetos e abordar as pessoas na rua ira resultar muito bem...em discussão...espero que tenha sido uma brincadeira esses comentarios... quanto ao tópico, concordo que é falta de civismo porem os cães a defecar nos passeios e estradas e não apanharem, podem perfeitamente apanhar ou leva-los para terrenos nao urbanizados, mas pelo que me apercebo a maioria nem são moradores da urbanização.

Anónimo disse...

E que tal a CMA colocar sitios proprios para os animais

Anónimo disse...

E assim tão dificil levar um saco para colocar la dentro os dejectos ? Ou será assim tão nojento fazê-lo ? Sitios próprios ? Havia de ser engraçado, um lugar ali no meio da relva reservado para os dejectos dos animais... havia de ser bonito de se ver e lindo de se cheirar :)

Ana Marques

Anónimo disse...

Entao é melhor ardar a pisa lo e cheira lo por onde va passando ou passeando.

Anónimo disse...

Eu tenho um cão e desde sempre apanhei os dejectos dele. Aliás, nas minha rua sou a única a fazê-lo.

Não saio de casa sem levar 2 ou 3 sacos, pois nunca se sabe com que vontade é que o animal está.

Por diversas vezes peguei num dos meus sacos de reserva e entreguei aos donos de outros cães para poderem apanhar os dejectos dos seus animaizinhos. Como seria de esperar as reacções são sempre de lamentar, com bastante palavrões á mistura.

Mas a minha resposta é sempre a mesma. Como castigo havia de escorregar na poia de um animal e ficar todo sujo para ver se aprende.

Mas a falta de civismo não é só na rua. Na minha urbanização existe um senhor que é tão asseado que pega nos dejectos do seu animal e atira-os varanda fora para um terreno (ainda não urbanizado) mesmo ao lado.

Já me sinto um pouco cansada de tentar mudar a mentalidade retrograda das pessoas..

Anónimo disse...

Posso dizer que muitas vezes vou para um dos parques em Queluz (aqui tão perto) para evitar o problema dos dejectos na Amadora, que infelizmente não acontece apenas na urbanização de Vila Chã.
No tal parque em Queluz nunca vi um dejecto de cão apesar de haverem bastantes cães no parque. Talvez por existirem inumeras placas com o valor da multa! Também destaco o facto dos cães estarem muito bem ensinados e obedecerem às ordens dos donos (mesmo com adultos a fazerem jogging ou crianças a correr, a andar de bicicleta, papagaios de papel etc... os animais respeitam as pessoas).
Infelizmente não conheço nenhum sitio na Amadora (Porcalhota) onde isto aconteça.

Cumprimentos,
PC

Marco disse...

Caros vizinhos...
ANÚNCIO AOS PROPRIETÁRIOS DE CÃES:
Se tem um cão ou cadela, e não tem sanitários adequados para os mesmos, deslocou-se à Av.ª Ant.º Ribeiro Chiado... onde um aprazível jardim vai permitir ao seu canideo num ambiente natural, efectuar as suas evacuações fisiologicas.
Agora falando a sério, eu, resido na Av. António Ribeiro Chiado, e o que se passa nesta artéria é uma verdadeira vergonha, já não bastava os proprietários de canideos cá da rua, levarem os seus animais a defecarem no jardim contiguo à escola, como agora também já vêm inclusive moradores das ruas adjacentes, contribuirem com os seus cães para uma melhor fertilização do jardim.
Chega-se ao ponto de algumas pessoas andarem com sacos na mão ou nos bolsos mas visíveis, mas talvez por repulsa de sujarem as mãos, depois não os utilizam.
Meus caros não é pelo facto de se viver numa zona agradável, possuir um belo carro e usar roupa de marca que damos uma boa imagem de nós, são nas pequenas acções como apanhar os tais dejectos que transmitimos uma imagem de urbanidade, não deixando para os outros a porcaria que não queremos à porta de casa.
Alguns destes cidadãos ficam até indignados se por vezes alguém os chama atenção,querem ver que nós estamos errados e eles terão razão.

Marco disse...

Para os mais distraídos informo que o facto dos cães defecarem nos jardins dá direito a uma coima (multa), prevista no Regulamento de Conservação de Árvores, Espaços Verdes, Jardins, Alamedas e Parques, aprovado pela Câmara Municipal da Amadora.
Infracção ao Art.º 4.º n.º 1 alínea e) , nos espaços verdes, jardins e parques municipais é proibido: permitir que os canídeos cuja propriedade lhes pertença transitem, dejectem ou urinem em qualquer destas zonas.
Punida pelo Art.º 11.º n.º 1 alínea a), com a coima de montante variável entre metade e dez vezes o ordenado mínimo nacional fixado para os trabalhadores por conta de outrem.
Já que por norma os Portugueses se preocupam mais com a carteira, do que com as maneiras, vale a pena pensar um pouco, talvez assim evitem um pequeno arrombo nas finanças.
À vossa consideração…

Anónimo disse...

Pois digo-vos que eu tenho 1 cão, moro na vila chã, e apanho sempre os presentes do meu cão. E acho que se deveria pôr uns papéis nas arvorés a dizer: "O cão é seu, leve também o presente consigo, os espaços verdes são de todos"

Ana disse...

Eu tenho um cão e apanho os "presentes" todos.
Agora também sou sincera..não gosto nada quando levo o meu cão à rua e ele passa a vida com o nariz no chão a comer restos de comida, papeis, beatas, etc etc (sim, a maioria destas pessoas que está aqui a falar de cães atira as beatas para o chão! Não é lixo? Também dava um bom tema!)
Ou será que este lixo que falo são ou outros cães que lá colocam? Se vamos falar de civismo temos muitos críticos aqui, que apesar de não terem cães, pecam noutras coisas que a mim também me incomodam!